Filipe L.S. Monteiro proferiu duas palestras para alunos da Escola Profissional de Trancoso e do Ensino Secundário do Agrupamento de Escolas de Trancoso subordinado ao tema “A Química do Amor” no Convento de São Francisco – Teatro Municipal, no dia 21 de novembro.
 
Este evento insere-se na Semana da Cultura Científica que está a decorrer entre os dias 18 e 22 de novembro, que procura recordar a memória do cientista Rómulo de Carvalho e sua relevância para a promoção da ciência.
 
O investigar questiona o seu público com a questão: Poderá a Química ajudar-nos a perceber os mecanismos envolvidos? Nesta palestra, abordam-se os principais compostos que atuam nas diferentes fases do amor (a paixão, o enamoramento, o casamento, o porquê da fidelidade ou da (tristemente) famosa crise dos sete anos (no casamento), entre outros assuntos.
 
Questiona-se o porquê de se poder falar “do amor à primeira vista”, mas também de alguns distúrbios relacionados com este sentimento. E porque não abordar algumas equações matemáticas que procuraram estudar a durabilidade de uma relação?
 
Paralelamente está a decorrer a exposição bibliográfica “Rómulo de Carvalho” que pode ser visitada no Centro Cultural de Trancoso até ao dia 22 de novembro de 2019.