Valdujo

valdujo brasao

População: 185 Habitantes (2011)

Dista da Sede de Concelho: 12 Km

Área: 16,40 km²

Orago: Nossa Senhora da Consolação

Valdujo esteve sujeita às justiças da vila de Moreira de Rei desde a sua fundação. Quando foi paroquialmente instituída, passou a ser uma das paróquias de Moreira, sendo sua filial, razão pela qual o cura de Valdujo era apresentado em alternância pelo pároco de Santa Maria e pelo de Santa Marinha daquela vila.
A sede da freguesia é formada por três pequenas aldeias: Quintã do Cabeço, Quintã do Curral e Quintã da Igreja. Estas três aldeias encontram-se localizadas numa prega de um vale que desce de um elevado cume do Cabeço Alto, onde tem origem o ribeiro de Valongo, topónimo que deve talvez a sua origem à dobra da falda oriental do vale.
Faz ainda parte da freguesia o lugar de Moitas, banhado pela ribeira do mesmo nome, afluente do Massueime.
Atendendo ao topónimo daquelas três aldeias, é de admitir que a sua antiguidade remonte ao domínio romano ou suevo-visigótico.
Na Quintã da Igreja foi construída, em tempos remotos, uma humilde basílica sob a invocação de Santa Maria. Sucedeu a esta a actual igreja, que em boa cantaria mostra ainda muito da sua antiga traça.

Atividades Económicas

Agricultura, pecuária, panificação, construção civil e pequeno comércio

Festividades

Santo António (quadrienal, terceiro domingo de Agosto)

Colectividades

Grupo Juvenil Sociocultural de Valdujo

Património

Igreja Matriz, Capela de Santa Bárbara e cruzeiros

Brasão

Escudo de ouro, três cabeças de ujo de negro, realçadas de prata e animadas do campo; em campanha, monte de dois cômoros de verde firmado nos flancos e movente de um pé ondado de prata e azul de três tiras. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: Valdujo.