Póvoa do Concelho

povoa do concelho brasao

População: 259 Habitantes

Dista da Sede de Concelho: 12,8 Km

Área: 10,84 km²

Orago: Nossa Senhora da Graça

Póvoa do Concelho pertenceu desde sempre ao termo de Trancoso, a cujo julgado já no século XIII pertencia. No eclesiástico, era um curato, cujo cura era da responsabilidade de apresentação da Igreja de Santa Maria de Guimarães de Trancoso.
No século X, Póvoa do Concelho fazia parte das muitas propriedades da Condessa D. Flâmula. Crê-se que aqui terá existido uma antiga cidadela romana, a notável “villa” da Certã, tendo sido encontrados vestígios de antigas construções, mós de moinhos manuais, restos de tijolos, um peso de um tear e tégulas, uma delas com a seguinte inscrição: “RRVS VIENSIS”.
Aqui nasceu Francisco Banha de Sequeira, fidalgo cavaleiro que se notabilizou ao serviço da coroa em terras de Marrocos, sendo agraciado com o título de Tenente de Mestre de Campo, General da Corte e Província da Estremadura.
Em termos de património edificado, é de salientar a Casa do Alpendre, uma tosca construção de cantaria em cujas paredes estão implantadas esculturas de pedra de feição românica.

Atividades Económicas

Agricultura, pecuária, pequeno comércio e fabrico de manilhas e blocos

Festividades

Nossa Senhora de Fátima (13 de Outubro) e S. Sebastião (1º fim-de-semana de Agosto)

Colectividades

Centro Cultural, Desportivo e Recreativo da Póvoa do Concelho e Clube de Caça e Pesca da Póvoa do Concelho

Património

Igreja Matriz, Capela de S. Sebastião, Casa do Alpendre, cruzeiros e fontanário

Brasão

Escudo de vermelho, estrela de ouro entre dois ramos de oliveira de prata, frutados de ouro, postos em pala e nos flancos; em campanha, monte de prata movente da ponta. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: PÓVOA do CONCELHO - Trancoso.