Castanheira

castanheira brasao

População: 235 Habitantes

Dista da Sede de Concelho: 10 Km

Área: 8,85 km²

Orago: Nossa Senhora da Graça

Situada na margem esquerda da ribeira da Teja, a povoação de Castanheira foi o local escolhido pelo Mosteiro de Salzedas para fazer as suas primeiras aquisições em terras de Trancoso. Em 1206 e 1209, o abade D. João Fernandes comprou casais a Dordia Mendes e Gomes Viegas, respectivamente, àquela por doze maravedis e a esta por oito.
Nessa época, ainda Castanheira fazia parte do termo de Sernancelhe, sendo depois integrada no concelho de Moreira de Rei, onde permaneceu até 1855. Com a extinção deste passou para o de Trancoso.
A instituição paroquial da freguesia de Castanheira é posterior ao século XIV, pois a sua igreja não faz parte do arrolamento paroquial de 1321. No século XVIII, a igreja era um curato de apresentação do vigário de Santa Marinha da vila de Moreira, tendo o cura uma côngrua de oito mil réis em dinheiro e um determinado montante em trigo, vinho e cera. A freguesia era do padroado real.

Atividades Económicas

Agricultura, pecuária, fabrico de blocos de cimento, construção civil e pequeno comércio

Festividades

Nossa Senhora da Graça (no mês de Julho)

Colectividades

Junta de Agricultores do Regadio Tradicional de Presas da Levada

Património

Igreja Matriz, Capela de Santa Bárbara, Capela de S. João, cruzeiros, chafariz e forno público

Brasão

Escudo de prata, castanheiro arrancado de verde, frutado de ouro; em chefe, estrela de azul de seis raios; campanha diminuta ondada de três tiras de azul e prata. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: Castanheira - Trancoso.